Peter Ødegaard

Peter Ødegaard, do Studio Ødegaard, é um florista Dinamarquês. Ao longo da carreira trabalhou para famílias reais, celebridades, produziu livros sobre flores e fundou a loja Herr Peters Blomster em Estocolmo. Começou a trabalhar aos 21 anos, trabalhou trabalhou trabalhou até ao ponto de ruptura, e decidiu mudar!

“O que aconteceu depois da minha carreira em Estocolmo foi como que um esgotamento. Nessa altura revelou-se crucial encontrar um estilo de vida onde fosse possível incluir o meu marido.”

A primeira viagem ao estrangeiro que Peter e o seu marido fizeram juntos foi a Lisboa, há 27 anos. Desde aí voltaram muitas vezes e, depois de um período mais longo no Rio de Janeiro, decidiram fixar residência em Lisboa em 2013 e trouxeram a Olga (a cadela). Lisboa representa o meio termo perfeito entre o Rio e a Escandinávia.

“Lisboa com a sua cultura Europeia e a sua história antiga, representa um híbrido para nós. Há uma melancolia e uma nostalgia que me é familiar vindo da Escandinávia. Uma esperança em alguma coisa que pensamos que nos vai completar. A saudade é isso.”

Divide o seu tempo entre Lisboa e a Escandinávia (Copenhaga e Estocolmo) e, mesmo tendo escolhido Lisboa para um estilo de vida mais tranquilo, Peter prefere manter-se ocupado. Ajuda empresas e pessoas a instalarem-se em Lisboa e faz projectos de design de interiores como o Zum Zum Gastrobar ou o Aura Dim Sum Lab. Durante 10 anos, foi também o agente para a Escandinávia da empresa de mobiliário metálico Adico.
Agora com 54 anos, Peter sente-se perdidamente apaixonado por Lisboa. Pela sua luz, pelas pessoas, pela nostalgia e pelo romance, pelo artesanato e por tudo o que se encontra produzido localmente. Está neste momento a acabar uma Residência para Artistas no bairro da Graça, e continua a organizar os workshops anuais de fotografia de flores e de interiores com a sua amiga e fotógrafa Pia Ulin.

O Peter escolheu a Ghome para dois dos seus projectos em Lisboa. Foi o trabalho que nos apresentou, mas é outra a ligação que nos mantém em contacto. Era bom continuar assim!

bardocreativeground